23 de jul de 2010

Sou uma baita neurótica!

Deve ser considerado como neurótico todo e qualquer indivíduo que apresente uma ruptura interior de sua personalidade e, a partir daí, passe a ser uma pessoa dividida: já não é mais apenas um, mas, múltiplos seres ao mesmo tempo. Há nele uma parte que reflete, raciocina, porém seus sentimentos oscilam e, normalmente, identifica-se muito mais com o que sente, em detrimento do que pensa. E este é mais um fator que contribui para que sentimentos de opressão e de repressão aflorem, tendo em vista que é norteado mais pela emoção que pela razão.
Se ele atender o telefone e não disser um “oi amor” bem grande, já é motivo o suficiente para você achar que ele já não te ama mais. Quando você diz que o ama e ele não retribui, já fica parecendo que o amor acabou e que o próximo passo é um imenso e dolorido pé na bunda. Caso você tenha se enquadrado nos quesitos acima, então siga-me, vamos para o clube das namoradas neuróticas de plantão.

Nenhum comentário: